GERDAU ABRE EDITAL DE INCENTIVO À CULTURA MINEIRA E CONVOCA ARTISTAS PARA CRIAR ARTE USANDO O AÇO

Publicado em 30/03/2021 às 14:27 por Redação
Ouro Preto está entre as cidades que receberão, em espaço público, a instalação de esculturas selecionadas pelo projeto

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, acaba de lançar uma iniciativa que reforça seus laços com o estado de Minas Gerais e os municípios mineiros em que está presente. Em comemoração aos seus 120 anos, a empresa abre hoje o Edital Arte em Aço Gerdau, um projeto inédito que visa enaltecer a história de 300 anos do estado e legados importantes, como as suas riquezas minerais, a cultura e a pluralidade de ser mineiro.

Por meio do Edital serão selecionadas e patrocinadas nove propostas culturais, na área de artes visuais, com valor de até R$ 265 mil, em recursos próprios e incentivados por meio da na Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais (LEIC-MG).

A inscrição é gratuita e já está aberta pela plataforma Prosas. Os interessados têm até às 18h (horário de Brasília) do dia 16 de abril para se cadastrarem pelo endereço eletrônico: http://editalarteemacogerdau.prosas.com.br/. A divulgação do resultado dos projetos selecionados será no dia 28 de maio de 2021.

Os artistas participantes contarão ainda com uma consultoria gratuita da Através - Gestão Cultural, empresa especializada no mercado cultural, para apoio nos trâmites de elaboração, inscrição e aprovação dos projetos no mecanismo da LEIC-MG.

Obras de arte em espaços públicos


A valorização e o reconhecimento da diversidade das artes visuais em Minas Gerais, com olhar voltado para a comunidade, são pontos relevantes do Edital. As nove propostas serão selecionadas por meio de votação popular e serão instaladas em espaços públicos de amplo acesso e visibilidade, como museus, centros culturais, praças ou parques dos municípios onde estão localizadas as principais operações da Gerdau em Minas: Barão de Cocais, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Divinópolis, Itabirito, Ouro Branco, Ouro Preto e Três Marias, além de Belo Horizonte, que terá a obra instalada no MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, passando a fazer parte do acervo público deste equipamento cultural.

“Minas Gerais tem grande protagonismo na história de 120 anos da Gerdau. Por isso, este edital chega como uma forma de reconhecer e incentivar manifestações artísticas que reforcem a riqueza cultural construída em 300 anos de história do estado. A ideia de presentear as cidades com essas esculturas tem o intuito de ampliar o contato da população com a história de Minas Gerais por meio da arte”, explica o diretor de Mineração e Matérias-Primas da Gerdau, Wendel Gomes.

Membro da comissão curatorial do projeto, o renomado arquiteto Gustavo Penna, que também possui um expressivo trabalho com o aço, exalta a iniciativa. “Temos em Minas uma forte cena de artistas que têm no aço a matéria-prima para suas obras. Nesse cenário, além de resgatar esse olhar para a arte em aço, a iniciativa vem como um incentivo aos artistas, que estão sofrendo com a falta de projetos. Indo além, promove ainda a conexão democrática entre a sociedade e a cultura, levando para essas nove cidades uma convivência maior com o ‘fazer artístico’, com aquilo que propõe as artes”, ressalta Penna.

Serviço:


Por meio da plataforma Prosa, até às 18h (horário de Brasília) do dia 16 de abril, pelo endereço eletrônico: http://editalarteemacogerdau.prosas.com.br/.

Sobre a Gerdau, uma empresa de 120 anos


A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Em janeiro deste ano, completou 120 anos de uma história de solidez, contribuição para o desenvolvimento e legado para uma sociedade em evolução constante. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Nossa história

Da fábrica familiar de pregos em Porto Alegre (RS) a uma gigante da cadeia do aço internacional, a trajetória da Gerdau começa a partir da compra da Cia Fábrica de Pregos Pontas de Paris por João Gerdau, em 1901. O imigrante alemão marcou seu pioneirismo empreendedor, que se tornou a chama que se mantém acesa até hoje, 120 anos após sua fundação. Na última década, a Gerdau segue fazendo história por meio de uma transformação cultural e digital baseada no compromisso de moldar um futuro cada vez mais sustentável.
PUBLICIDADE

Visita técnica entre Prefeitura e Novelis viabiliza conclusão de projeto do...

Covid-19: Lafaiete atinge 70% na ocupação de UTI e registra 27 casos


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Caixa esclarece que não envia mensagens solicitando senhas, dados ou...

Praias fechadas por ricos são alvo de disputa judicial na Califórnia

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_