Orquestra Ouro Preto e Flávio Renegado lançam ‘Suíte Masai’ em Ouro Preto

Publicado em 19/06/2019 às 13:11 por Redação
Texto: Divulgação Orquestra Ouro Preto

Flávio Renegado e Orquestra Ouro Preto apresentam o encontro entre “o Mano e o Maestro” em álbum que marca a sinergia do rap e da música erudita. Com orquestração impecável, assinada por Marcelo Ramos e regida pelo Maestro Rodrigo Toffolo, a turnê de lançamento de ‘Suíte Massai’ começa em Ouro Preto, no dia 21 de junho, sexta-feira, às 20h30, na Praça Tiradentes.

“Estou muito satisfeito com o resultado de Suíte Masai. Ele é fruto de 10 anos investindo em aproximar o rap da música brasileira. Meu som nunca abandonou o DNA da música mineira. É uma alegria ser parceiro de ídolos como Marcio Borges, Vader Lee, Chico Amaral e tantos outros expoentes. Estou muito honrado de ter a Orquestra Ouro Preto a meu lado. Tenho certeza que essa temporada de shows em MG será especialíssima! Há anos sou diretamente influenciado por grupos como Câmbio Negro e Pavilhão Nove, que já faziam rap com bandas. Agora, conseguir unir pela primeira vez o rap brasileiro com uma orquestra é uma honra e um privilégio” comenta Renegado, feliz com o lançamento de seu quarto álbum.

Os artistas, acostumados a navegarem por diferentes sonoridades, enxergam com naturalidade a parceria. “É um show novo, que traz as quinze músicas do ‘Suíte Massai’, incluindo três releituras escolhidas com carinho de renomados artistas que admiro”, aponta Renegado.

O show reforça o caráter democrático que a união do rap com música erudita pode representar. "A Orquestra Ouro Preto foi criada tendo como referência dois conceitos principais: excelência e versatilidade. A excelência é pautada na formação da Orquestra e também na difusão de um repertório tradicional da música de concerto universal, incluindo aí compositores como Bach, Beethoven, Villa-Lobos, e outros grandes nomes da música dita clássica. Por outro lado, a Orquestra também trabalha o conceito de versatilidade e diversidade, buscando aproximar a música erudita à música popular. Por isso, a Suíte Masai se encaixa perfeitamente dentro de nossa proposta. É uma alegria enorme ser co-responsável por uma obra que transcende fronteiras, não só entre continentes e idiomas, mas entre culturas”, conclui o Maestro Rodrigo Toffolo.

No repertório, sucessos de Renegado, como “Conexão Alto Vera Cruz Havana” (Flávio Renegado e Gil Amâncio), “Minha Tribo é o Mundo”, “Do Oiapoque a Nova York”, “Coisa é Séria”, “Sei Quem Tá Comigo” e “Vera” (Flávio Renegado); homenagens a ícones da música brasileira, que ganham arranjos inéditos: “Maracatu, Nação do Amor”, de Moacir Santos e Nei Lopes, “Românticos”, de Vander Lee, e “Para Lennon e McCartney”, assinada pelos conterrâneos do Clube da Esquina Márcio Borges, Lo Borges e Fernando Brant. Flávio e Orquestra Ouro Preto prestam reverência aos fãs do rapper com os sucessos “Sai Fora”, lançada em 2011, e “Black Star”, “Rotina” e “Sobre Peixes e Você”.

PUBLICIDADE

Nova UPA em Saramenha está em nova etapa de construção

Fake news: Clube Carijós nega que estaria fechando as portas

COTAÇÃO HOJE

Reforma da Previdência: entenda o impacto na vida dos brasileiros

Praias fechadas por ricos são alvo de disputa judicial na Califórnia

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_