Lafaiete, Congonhas e Entre Rios receberão medicamento do kit intubação

Publicado em 23/05/2021 às 10:31 por Redação
Conselheiro Lafaiete, Congonhas e Entre Rios de Minas, estão entre os municípios mineiros que receberão medicamentos usados para entubação de pacientes em estado grave por Covid-19.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) disponibilizou, a partir desta sexta-feira (21/5), para 127 unidades hospitalares, em 97 cidades, 120.135 unidades de fentanil, cisatracúrio e atracúrio. Os insumos são direcionados às instituições que se encontram com níveis considerados críticos de disponibilidade dos medicamentos.

Entre as unidades de Saúde da região que receberão os medicamentos estão o Hospital e Maternidade São José e o Hospital de Campanha em Conselheiro Lafaiete, Hospital Bom Jesus em Congonhas e Hospital Cassiano Campolina, em Entre Rios de Minas.
Medicamento é essencial para tratamento de pacientes graves/Ingrid Vasconcelos

Os Itens são essenciais para a sedação dos pacientes em tratamento da covid-19, sendo que o fentanil foi adquirido pelo Governo de Minas e, o cisatracúrio e o atracúrio, pela União. O fentanil é suficiente para uma cobertura de 15 dias e, os demais, para três.

Segundo o diretor de Medicamentos Básicos da SES-MG, Jans Bastos Izidoro, a situação dos estoques de sedativos no estado ainda é crítica, apesar de observadas melhoras em relação a cenários anteriores. “A Secretaria alerta que o cenário ainda não é confortável e todas as medidas de gestão continuam a ser executadas”, afirma.

Em Minas Gerais, nesta sexta-feira (21/5), segundo o governo do estado, não havia registro de falta persistente de medicamentos para o kit intubação nas regiões de saúde, e que gere prejuízo à assistência. “É importante ressaltar que os estoques são muito dinâmicos, e a rede assistencial do Estado tem conseguido atender à demanda. Apesar de estoques restritos em muitas unidades, não há colapso instalado registrado em nenhuma”, pontua o diretor.

Fonte e foto: Agência Minas
PUBLICIDADE

Prefeitura de Ouro Preto cria Programa Pró-Cultura

Colunista do Fato Real é selecionado em coletânea nacional de poesia


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

STJ afasta Witzel do cargo por suspeitas de irregularidades na saúde; Pastor...

Idosos tendem a compartilhar mais "fake news"

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_