Política nacional de incentivo ao turismo rural é tema de projeto apresentado por Samuel Viana

Publicado em 03/10/2023 às 16:54 por Redação
O deputado federal Samuel Viana (PL/MG) apresentou o projeto de Lei 2475/2023, que dispõe sobre a política nacional de incentivo ao turismo rural. O objetivo é promover o desenvolvimento do turismo rural sustentável, por meio do envolvimento direto dos habitantes das comunidades rurais. Além de contribuir no planejamento e desenvolvimento das atividades turísticas relacionadas aos recursos naturais de seu entorno.

De acordo com o parlamentar, espera-se que o turismo ajude a diversificar a economia das áreas rurais. “Muitas vezes estas pessoas dependem, exclusivamente, dos empregos gerados diretamente na agricultura e na pecuária”, explica Samuel Viana. Ele faz um alerta revelando que algumas atividades vêm sofrendo redução no número de postos de trabalho. Decerto, em razão da crescente mecanização e automação adotada na produção. Além disso, os empreendimentos de turismo rural podem estar localizados em áreas onde há a persistência da pobreza e da falta de oportunidades econômicas para a juventude rural.

Desse modo, a atividade tem grande potencial de contribuir para a redução de desigualdades regionais. Ao passo que, com a criação de novos empreendimentos, novos empregos e geração de renda seriam gerados nas comunidades. “O turismo rural tem um grande potencial de trazer diversos benefícios para as áreas rurais e para o país como um todo”, pontua Samuel Viana.

Pesquisa científica

As turismólogas e pesquisadoras, Sara Riscado e Pollylian Madeira, elaboraram um trabalho científico onde o turismo é o propulsor da sustentabilidade e do desenvolvimento de comunidades rurais. Elas basearam o estudo no município de Carangola, próximo ao parque nacional do Caparaó, grande exportação de café especial. Sara Riscado diz que o turismo pode ser motivado por diversos fatores, como fatores climáticos, eventos, cultura e gastronomia. “O turismo é uma atividade complexa que envolve diferentes atividades, podendo ser uma das maiores indústrias do mundo”, explica.

Turismo sustentável

Esta é uma atividade que relaciona a satisfação e bem estar do turista em sua visita. Além de possibilitar aos moradores locais mais infraestrutura e novos planos públicos. Desta forma, valoriza a atividade e também gera renda, bem como influenciar na preservação cultural e natural. Em sua pesquisa, Sara Riscado diz que “a sustentabilidade no turismo é entendida de forma ampla, de maneira a garantir a preservação não apenas dos recursos naturais, mas da cultura e da integridade das comunidades visitadas”.

A responsabilidade do turismo rural

Outro aspecto bastante relevante da política proposta é a promoção de práticas de turismo sustentável e de conscientização ambiental. Afinal, elas contribuem para a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais. Assim, a política nacional de incentivo ao turismo rural quer promover o turismo de maneira que ajude a diversificar a economia das áreas rurais. Seu objetivo é promover o desenvolvimento do turismo rural sustentável, por meio do envolvimento direto dos habitantes das comunidades rurais. Além de contribuir no planejamento e desenvolvimento das atividades turísticas relacionadas aos recursos naturais de seu entorno. Em síntese, a conservação desses recursos é fundamental para atrair turistas interessados em ecoturismo, turismo de aventura, entre outros. “Uma política nacional de incentivo ao setor é muito importante para o melhor aproveitamento desse potencial”, justifica Samuel Viana.

Participação da comunidade

Segundo a pesquisadora, que ratifica a proposta do parlamentar, é fundamental a participação da comunidade. “A participação da comunidade na construção de uma atividade, que traga privilégios, não só econômicos, mas que, também, defenda o meio ambiente e a cultura, incentivando a participação da população no desenvolvimento turístico, é fundamental”, diz Riscado. De acordo com o trabalho apresentado, a turismóloga deixa claro que é essencial que o turismo busque formas de desenvolver a atividade de modo a respeitar os patrimônios materiais, sociais e culturais, envolvendo não só o turista, mas toda a comunidade do destino visitado.

Rotas turísticas

Outra diretriz importante prevista no projeto é a criação de rotas turísticas. Dessa forma, ajudaria a divulgar a cultura e as tradições das comunidades rurais, destacando sua história, gastronomia, artesanato e outras manifestações culturais, apreciadas por turistas de todo o mundo. Além do desenvolvimento econômico, a política nacional de incentivo ao turismo rural também incentiva a valorização e proteção dos recursos naturais. Desta forma, é essencial desenvolver uma atividade sustentável, valorizando, também, os aspectos culturais daquela comunidade, mantendo vivas suas tradições.

Nova renda para agricultura familiar

Contribuir para o desenvolvimento da agricultura familiar, criando novas possibilidades de geração de trabalho e renda no campo. Este é o principal viés do projeto apresentado por Samuel Viana. “Muitas vezes estas pessoas dependem, exclusivamente, dos empregos gerados diretamente na agricultura e na pecuária”, explica Samuel Viana. O parlamentar faz um alerta revelando que algumas atividades vêm sofrendo redução no número de postos de trabalho. Decerto, em razão da crescente mecanização e automação adotada na produção. Além disso, os empreendimentos de turismo rural podem estar localizados em áreas onde há a persistência da pobreza e da falta de oportunidades econômicas para a juventude rural. Ao passo que, com a criação de novos empreendimentos, novos empregos e geração de renda seriam gerados nas comunidades. “O turismo rural tem um grande potencial de trazer diversos benefícios para as áreas rurais e para o país como um todo”, pontua Samuel Viana.

Diretrizes

A melhoria das estradas e demais vias de acesso aos empreendimentos turísticos e às belezas naturais situadas no meio rural, estão entre as diretrizes propostas. Desta forma, ajudaria a conectar essas áreas aos centros urbanos. Além de facilitar o fluxo de turistas, bem como dos habitantes locais e das mercadorias.

Petição pública

Um grupo de turismólogos criou uma petição pública para a aprovação do projeto que cria a política nacional de turismo rural. Assim, no site que recolhe assinaturas digitais pela aprovação do projeto, os profissionais do turismo demonstram a necessidade da aprovação.

Agenda com o Ministro

O deputado federal Samuel Viana tem agenda marcada com o Ministro do Turismo, Celso Sabino de Oliveira. A princípio, o encontro acontece na próxima quarta-feira (04/10). Desta forma, a pauta do encontro será para apresentar o projeto de Lei 2475/2023, que dispõe sobre a política nacional de incentivo ao turismo rural. O PL, de autoria de Samuel Viana, tem o objetivo de promover o desenvolvimento do turismo rural sustentável, por meio do envolvimento direto dos habitantes das comunidades rurais. Além de contribuir no planejamento e desenvolvimento das atividades turísticas relacionadas aos recursos naturais de seu entorno. De acordo com o parlamentar, espera-se que o turismo ajude a diversificar a economia das áreas rurais.

Tramitação

Após ser apresentado ao plenário, o projeto foi encaminhado às comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; comissão de Turismo e comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Mais informações: Martim Barbosa – Assessor de Comunicação 31-99939-3212 / 32-98405-1711 martim.barbosa@camara.leg.br
PUBLICIDADE

Santo Antônio do Leite é o primeiro distrito a receber a ação “A...

VEREADORA DAMIRES RINARLLY ENTREGA FERRAMENTAS PROVINDAS DE EMENDA IMPOSITIVA...


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Vaticano autoriza início de processo de beatificação de Padre Cícero, diz...

Atores da série Grey’s Anatomy aderem à campanha #EleNão

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_