Buraco de 1 milhão de km² na camada de ozônio do Ártico finalmente se fecha

Publicado em 30/04/2020 às 10:49 por Redação
Em fevereiro deste ano, foi descoberto um buraco gigantesco na camada de ozônio que cobre o Ártico. Ele foi crescendo pouco a pouco até atingir 1 milhão de quilômetros quadrados – uma área equivalente ao estado do Pará!

Felizmente, dois meses após o anúncio chocante, o buraco acaba de se fechar e a camada de ozônio dessa região está íntegra novamente.

A boa notícia foi dada pelo Serviço de Monitoramento Atmosférico Copernicus (SMAC).

Os cientistas explicaram que a recuperação não teve muito a ver com a redução da emissão de poluentes na atmosfera (fruto do isolamento social provocado pelo novo coronavírus), mas de outros fatores.

Causas do buraco na camada de ozônio



De acordo com o SMAC, o rombo na camada de ozônio não foi consequência da atividade humana, mas sim de um vórtice polar muito poderoso, que afetou fortemente a região.

O vórtice polar é um ciclone de longa duração e de larga escala localizado próximo aos polos do planeta; ele causa baixa pressão atmosférica e ar frio contínuo.
Foto: Alfred-Wegener-Institut/Stephan Schön

Assim que esse fenômeno natural cessou, o ar rico em ozônio pôde se estabelecer uma vez mais, fechando a camada do Ártico.

Poluentes atmosféricos ainda atrapalham Polo Sul



Os pesquisadores da SMAC afirmam que o buraco era realmente impressionante, chegando a esgotar o ozônio encontrado em quase 18 quilômetros de estratosfera. A última vez que isso havia acontecido foi em 2011.

Apesar das boas notícias no Polo Norte, as coisas ainda têm sido difíceis no Polo Sul: a ação humana via poluentes (como cloro e bromo) sobem à estratosfera e se acumula no vórtice polar, afinando a camada de ozônio. Seu enfraquecimento permite que a radiação ultravioleta atue com mais intensidade na superfície.

Fonte: UOL, retirada do site Razões para Acreditar

Novo fórum é inaugurado na Comarca de Ouro Preto

Morrer sem amor? Nem morta!


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Caixa esclarece que não envia mensagens solicitando senhas, dados ou...

Praias fechadas por ricos são alvo de disputa judicial na Califórnia

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_