Prefeito e secretários municipais de ouro preto se reúnem com agricultores familiares do município

Publicado em 03/02/2020 às 21:58 por Redação
Por Nízea Coelho

Na manhã da última sexta-feira (24), o prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta, o secretário de Agropecuária, Yuri Assunção, a secretária de Educação, Rosa Ana Xavier, e a diretora Angeluce Carvalho estiveram reunidos com o presidente da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Ouro Preto e Região (COPAFOR), Antônio Auxiliador Ferreira da Silva, e com o presidente da Associação dos Agricultores Familiares de Piedade e Região, Ricardo Cesar da Silva, para discutir o edital do Programa Nacional de Abastecimento Escolar (PNAE).

De acordo com a Lei nº 11.947/09, do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% devem ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações.

Mais apoio aos agricultores para redução dos custos de fornecimento dos alimentos


Na oportunidade, foram discutidas diversas melhorias e um novo sistema de trabalho que trará mais facilidade e menos burocracia em todo o processo, diminuindo os custos para o fornecimento dos alimentos pelos agricultores, que contarão com mais apoio da Prefeitura.

A Prefeitura de Ouro Preto está priorizando o atendimento aos trabalhadores da Agricultura familiar do município. Desde que assumiu a pasta, o secretário de Agropecuária quis conhecer e conversar pessoalmente com os produtores, saber de suas demandas e ideias para melhorar o modelo de gestão do PNAE, avaliando as forças e fraquezas no atual modelo de fornecimento de alimentos. “Esta é uma determinação do prefeito Júlio Pimenta e nós queremos aumentar a produção para atender a merenda escolar. Este encontro com o prefeito e com os secretários municipais é muito importante. Ouvimos as demandas dos agricultores, suas opiniões e compartilhamos algumas ideias. Estamos desenvolvendo propostas de um novo modelo de gestão desses programas que atendem nosso município”, explicou o secretário.

De acordo com o presidente da Associação de Agricultores Familiares de Piedade e Região, alguns aspectos serão mudados, como o abastecimento. “Antes os produtores tinham dificuldades para fornecer os alimentos diretamente às escolas. Agora, com a cessão de uso de um terreno e dois galpões do Município para a Cooperativa, queremos organizar melhor essa logística de distribuição, criando uma central de abastecimento e de lá encaminharmos os suprimentos até as escolas, de acordo com a demanda de cada unidade”.

A aquisição de alimentos da agricultura familiar para a alimentação escolar será feita por meio de Chamada Pública que deve ser publicada até o próximo mês. Mais de 30 tipos de alimentos entre frutas, verduras, raízes, quitandas e hortaliças devem ser adquiridos da agricultura familiar para abastecer as escolas e creches municipais.

“A agricultura familiar não é apenas uma compra e venda de mercadorias, mas sim uma questão de desenvolvimento sustentável”, destacou Ricardo.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ouro Preto
PUBLICIDADE

Testes de detecção da Covid-19 pela UFOP em Ouro Preto começarão a ser...

Obras no hospital de campanha de Lafaiete poderão ser concluídas até o fim...


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Bastidores: Canuto é a quinta 'demissão surpresa' de Bolsonaro

Cientista grava o som que um girassol emite e o resultado é fascinante

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_