Médicos de Lafaiete apresentam reivindicações e falam em paralisação do atendimento

Publicado em 09/02/2023 às 10:03 por Redação
Uma situação que está ocorrendo nos bastidores na área da saúde pública em Lafaiete pode abrir uma crise no setor e chegar até a população.

Um grupo formado por médicos especialistas que prestam serviços ao Município nos Centros Regionais de Saúde e Centro de Promoção de Saúde encaminhou ao presidente da Câmara, Vado Silva (DC) um abaixo-assinado em que reivindicam a adequação da carga horária ao piso salarial da categoria estipulado pela FENAM (Federação Nacional dos Médicos). Os profissionais que assinam o documento não descartam, inclusive, a possibilidade de haver uma paralisação dos atendimentos médicos no Município como forma de pressão. Eles citam o Decreto Nº 547/2023, que dispõe sobre o registro eletrônico de frequência dos servidores; algo que segundo apurado pelo Fato Real, eles são contrários. Há um entendimento por parte dos especialistas médicos que não há a necessidade do registro de presença, já que atendem a, no máximo, seis consultas por semana e ficariam ociosos o resto do tempo se fossem obrigados a permanecer nas unidades em cumprimento à carga horária.

O texto do abaixo-assinado informa que, até o dia 14 de fevereiro estarão sendo realizados apenas os atendimentos médicos previamente agendados e os médicos estarão atuando sem assinar o ponto ou registrar presença digitalmente. O objetivo é não causar prejuízos à população. “Porém, caso nenhuma solução ou negociação seja encaminhada até essa data, uma possível paralisação nos atendimentos está sendo cogitada”, diz o texto.

Na tentativa de costurar uma saída negociada para a crise, está agendada para esta quinta-feira (09) reunião a ser mediada pelo Legislativo com representantes dos médicos e da Secretaria Municipal de Saúde. Foram convidados a participar o secretário de Saúde, membros do Conselho Municipal de Saúde, o secretário municipal de Administração, o Procurador municipal e o Ministério Público.

A ideia é colocar as partes interessadas frente a frente para que sejam apontadas as possíveis falhas e se possam encontrar soluções.

Fonte: Fato Real
PUBLICIDADE

Prefeitura de Ouro Preto recebe kits de barracas via emenda do deputado Zé...

Discursos fortes e críticas marcam reunião da Câmara de Lafaiete


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Prefeituras já podem realizar o cadastro de taxistas para receber auxílio

Atores da série Grey’s Anatomy aderem à campanha #EleNão

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_