Primeira etapa de obras da restauração da Matriz de Glaura será entregue até setembro

Publicado em 29/06/2019 às 00:00 por Redação
Texto: Renato Rinco

Nesta quarta-feira (26/6), foi realizada uma visita para averiguar o andamento das obras na Igreja de Santo Antônio, em Glaura. A Igreja matriz foi fechada em 2016 devido ao seu risco de desabamento. A previsão é de que a primeira fase da obra seja concretizada em setembro deste ano. A restauração dos elementos artísticos será feita posteriormente, na segunda etapa.

A igreja passa pela primeira fase de restauração, que consiste em realizar as obras emergenciais, como a instalação de drenos em toda construção para que auxilie o escoamento da água; o rebaixamento do piso na parte de dentro da construção, com retirada das cerâmicas antigas, a estabilização da estrutura externa e a troca do telhado, substituindo madeiras e telhas que não estavam em bom estado e reforçando as estruturas atuais, além da revisão de para-raios. Fendas e trincas também foram preenchidas.
Comunidade e representantes públicos visitam as obras da Matriz de Glaura. Imagem: Ane Souz

Além das reformas estruturais, também está sendo feito um monitoramento arqueológico, já que através do rebaixamento do solo foram encontrados fragmentos de ossos e uma espécie de antiga divisória de terrenos dentro do espaço interno da construção.

Segundo a moradora Ailza da Silva, “a obra é um sonho porque a gente dormia, acordava e o espaço da Igreja não podia ser usado. Logo após, nós começarmos a frequentar e acompanhar as reuniões do projeto e vimos que a obra estava se desenvolvendo”.

Para o secretário de Cultura e Patrimônio, Zaqueu Astoni Moreira, a obra é um exemplo de sucesso nacional de uma colaboração participativa da comunidade. “Posso dizer que foi um projeto participativo porque a comunidade acompanhou cada etapa do projeto, tínhamos reuniões periódicas em Glaura e a população pôde acompanhar o dia-a-dia de todos os desafios de um projeto dessa magnitude”.

O prefeito Júlio Pimenta ressaltou o avanço das obras. “Com essa visita de hoje, nós comprovamos os trabalhos que estão sendo realizados e muito bem feitos por sinal, e estamos comprovando também a satisfação da comunidade de ver que este sonho de ter novamente a Igreja Matriz de Glaura reformada está sendo realizado”.

A segunda parte da obra, a restauração, precisará de mais R$ 3 milhões, os quais ainda precisam ser liberados pelo Governo Federal por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) das Cidades Históricas.

Também estavam presentes na visita a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em Minas Gerais, Celia Maria Corsino, o presidente da Associação dos Moradores do distrito de Glaura, Eder Zacarias da Silva, o promotor da 4ª Promotoria de Justiça de Ouro Preto, Domingos Ventura de Miranda Júnior, a deputada Ione Pinheiro, membro da Comissão da Cultura, o deputado Bosco, Presidente da Comissão da Cultura, o vice-prefeito Ailton Miranda Silva, o chefe do Escritório Técnico do IPHAN em Ouro Preto, André Macieira, e o chefe de Gabinete do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA) de Minas Gerais, Ramon Vieira, além de representantes da comunidade local.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ouro Preto
PUBLICIDADE

Ouro Preto é finalista do prêmio Otimiza em 2019

PM resgata criança presa sozinha dentro de carro

COTAÇÃO HOJE

Manifestantes protestam na Paulista contra bloqueio de recursos para a...

Saiba como investir em bitcoin, moeda mais valorizada no mercado mundial

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_