Em reunião da FAMOCOL prefeito ouve cobranças e destaca ações do governo

Publicado em 19/02/2020 às 10:36 por Redação
O prefeito Mário Marcus participou da reunião mensal realizada nesta segunda-feira 17/02 pela FAMOCOL (Federação das Associações de Moradores de Conselheiro Lafaiete). Convidado para o encontro, ele ouviu reclamações e detalhou ações que o Município vem desenvolvendo nas áreas de limpeza urbana, educação, saúde, prestação de serviços e geração de empregos. O prefeito ouviu as demandas dos vários representantes comunitários em diversos setores e, segundo sua assessoria, “foi possível perceber que grande parte das solicitações relacionadas a obras de infraestrutura já se encontram em processo de licitações realizadas ou já programadas”.
Reclamação de necessidade de capinas está por toda cidade

Com vários bairros diretamente afetados pelo período chuvoso, a principal demanda reportada pelos moradores diz respeito à capina de lotes vagos. Porém, Mário Marcus argumentou que a responsabilidade pela limpeza dos terrenos cabe aos proprietários; ainda assim, a prefeitura está buscando o aval do Ministério Público para punir aqueles cujos lotes não estejam recebendo o devido cuidado. A maior dificuldade, segundo Mário Marcus, consiste em identificar e notificar os proprietários irregulares. Mas, por força de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pela COPASA no âmbito da Curadoria de Meio Ambiente, foram viabilizados quatro milhões de reais que custearão o georreferenciamento da cidade. O cadastro do município será atualizado a partir do cruzamento de dados levantados junto aos Correios, postos de saúde, CEMIG e COPASA.

Creches e PSF’S



Na área da Educação o prefeito repetiu o discurso que vem fazendo em no programa institucional na rádio Carijós e demais eventos, sustentando, que o município nunca havia aberto tantas creches quanto na atual gestão. Por outro lado, admitiu a insuficiência de médicos para suprir a demanda na Policlínica e nos PSFs. Mário Marcus argumentou que é difícil contratar profissionais por causa do baixo salário oferecido pela saúde no Município.

Viação Presidente e Copasa



Ônibus com defeito parado ontem no centro de Lafaiete

Em resposta às queixas sobre a qualidade do transporte coletivo, o prefeito repetiu às lideranças comunitárias que, caso a Viação Presidente continue insistindo em não atender às necessidades dos usuários, a solução pode ser trazer outra concessionária para cuidar do setor. O problema é que a nova licitação está prevista apenas para 2021 e a atual detentora tem preferência para renovar a prestação do serviço.
Prefeito destacou obras e serviços da sua gestão

O prefeito também rebateu críticas de que estaria sendo condescendente com a morosidade da COPASA em executar melhorias que a concessionária dos serviços de água e esgoto havia se comprometido a implementar ao ter a concessão renovada. Ele disse que a prefeitura aplicou multas à COPASA em diversas ocasiões e continua fiscalizando o cumprimento pela empresa das cláusulas previstas em contrato. O Fato Real solicitou à prefeitura no dia 05/02 informações sobre os valores das multas aplicadas e se houve o pagamento pela empresa; porém, ainda não recebeu a resposta.

Empresas



Por fim, apesar de não atribuir o mérito exclusivamente à atual gestão, o prefeito reiterou, durante a reunião da FAMOCOL, que, em período algum, tantas empresas se instalaram em Lafaiete como nos últimos três anos. Para tanto, a Prefeitura tem oferecido todas as facilidades ao seu alcance e trabalhado para dotar a cidade de benfeitorias que se revertem em atrativos para o investimento vindo de fora. Como exemplos, citou a presença do batalhão da Polícia Militar, da regional da Polícia Civil e da unidade do Corpo de Bombeiros, equipamentos que concorrem para a sensível redução da criminalidade e aumento da sensação geral de segurança.

Fonte: Fato Real
PUBLICIDADE

UFOP É APROVADA PARA REALIZAR EXAMES DETECÇÃO DO CORONAVÍRUS

Dois novos casos de coronavírus são registrados em Lafaiete


PUBLICIDADE
COTAÇÃO HOJE

Maioria dos ministros do STF vota contra restrições à doação de sangue por...

Pediatra ensina como fazer máscara de proteção com materiais simples

O TRIBUNA LIVRE

Direção e Proprietária: Marisa Hilário
Editoração gráfica: Tribuna Livre
Direção de mídia: Ina Caram.

Colaboradores do jornal impresso e do site:
Organização interna: Izabel Hilário
Administrador e publicitário: Jorge Hilário
Maria do Carmo Batista (in memorian)

REDES SOCIAIS

Tribuna Livre — Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dash_